Notícias

Polícia Militar lança sistemas tecnológicos que melhoram o fluxo de informações da corporação em todo Estado

18/04/2017 - Melânia Kássia / Governo do Tocantins

A Polícia Militar lançou nesta terça-feira, 18, em solenidade no auditório do Quartel do Comando Geral, o Sistema da Diretoria de Gestão Profissional (DGP) e o Sistema Integrado de Atendimento e Despacho (SIAD). Ambos têm por finalidade melhorar o fluxo de informações administrativas e operacionais que a priori refletem na qualidade do serviço prestado pela PMTO.

É importante lembrar que as ferramentas de tecnologia na atualidade contribuem massivamente para o bom funcionamento das organizações e são imprescindíveis para o sucesso das instituições. Partindo deste pressuposto, o Governo do Estado do Tocantins e o Comando da Geral da Polícia Militar, buscaram inicialmente esses dois sistemas para aperfeiçoar as atividades da corporação.

O SIAD foi desenvolvido pela equipe de Analistas de Sistema do Sistema Integrado de Operações (SIOP) com a principal finalidade de unificar, padronizar e dinamizar o atendimento de ocorrências de forma que ajude a gerar estatísticas que contribuam para a resolução do melhor emprego do serviço e recurso policial.

Já o Sistema DGP, sob a responsabilidade da equipe da Assessoria Técnica de Informática e Telecomunicações (ATIT), é voltado para a administração de pessoal com o propósito de eliminar processos ultrapassados como o uso excessivo do papel. Assim, todas as informações necessárias sobre o efetivo serviço das unidades militares operacionais terão disponibilidade online com o suporte mais ágil aos comandantes e com maior transparência para cada policial militar que necessitar consultar sua ficha de informações.

Para o Chefe do Estado Maior, coronel Edvan de Jesus Silva, os sistemas desenvolvidos pelos analistas da Polícia Militar colocam finalmente a corporação no século XXI. “Agora estamos amparados em três pilares: da eficiência, da agilidade e da transparência. E esses, com certeza, vão facilitar o desenvolvimento de toda corporação. Assim, a importância do SIAD e DGP também se faz para o melhor direcionamento das atividades policiais militares, onde somente um policial militar e um sistema eficiente podem fazer o serviço em que antes necessitava de cinco ou seis homens”, ressaltou.

A Polícia Militar, por meio de seus analistas de sistemas, ainda apresentarem aos presentes outros processos de sistemas (em andamento) que vêm para complementar e sempre acrescentar aos já existentes e lançados até o momento.

Compartilhe esta notícia