Segurança de Crianças na Rua

    Não converse com estranhos. Diga para procurarem sua família, mas não forneça o endereço;
    Não aceite presentes, balas, chocolates ou outros doces de pessoas que você não conhece. Fale claro que você não quer e se afaste deles;
    Procure não andar sozinho(a). Arrume sempre companhia entre seus amigos e, se sentir medo, ligue para a polícia e explique seu problema;
    Quando estiver esperando condução para ir à escola ou para voltar para casa, evite os pontos de parada em locais escuros e sem movimento;
    Não acredite em estranhos que dizem trazer recado de seus familiares. Peça a uma pessoa amiga que confirme o que estão dizendo;
    Se for seguido(a) por estranhos na rua, entre na primeira casa habitada e peça socorro;
    Se alguém o atacar, tentando agarrá-lo(a), esperneie e grite bem alto muitas vezes pedindo ajuda;
    Se outras crianças o (a) agredirem para roubar, não resista e entregue o que pedirem. Assim que puder peça ajuda da polícia;
    Não aceite caronas de motoristas desconhecidos e, quando for chamado(a) por algum deles, não lhe dê atenção e nunca se aproxime do veículo;
    Quando estiver desacompanhado (a) e alguém o incomodar, querendo por a mão em seu corpo, grite bastante para chamar a atenção das outras pessoas que estão a seu lado;
    Não atravesse as ruas correndo. Faça-o na faixa de pedestres, preferindo os cruzamentos que tenham semáforos;
    Se você ainda não consegue guardar na memória o seu endereço ou o telefone de sua família, peça que os escrevam em um cartão e carregue-o sempre consigo;
    Quando precisar de ajuda, não se acanhe em procurar um policial. Você vai receber apoio e orientação.
Fonte: Internet